Hildon Chaves reafirma compromisso com a saúde e viabiliza a um dos maiores projetos de reforma já planejados em Porto Velho

compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Com intuito de proporcionar um sistema de saúde com a estrutura necessária para atender os moradores de Porto Velho, o prefeito Hildon Chaves (PSDB), que concorre à reeleição com o número 45, está realizando um dos maiores projetos de reformas de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) já feitos na capital.

Ao total, 25 unidades de saúde e quatro aldeias indígenas do município serão contempladas, das quais 17 estão em fase de projeto, orçamento e aprovação, seis estão em fase de licitação e as outras seis estão com as ordens de serviço assinadas. De acordo com o prefeito de Porto Velho, o valor total do investimento é de R$ 25.841.535,80.

“Desde quando assumi iniciamos muitas melhorias no que se refere à saúde e seus espaços de atendimento. A obra com maior investimento, é na Maternidade Municipal Mãe Esperança, com R$ 7.058.314,25 empenhados pela prefeitura para reforma completa dos setores interno e externo. O projeto está em fase de elaboração de orçamento e complementares, e o departamento responsável segue acompanhando e trabalhando para sua conclusão”, explicou.

Através de uma equipe com 12 engenheiros, arquitetos, técnicos da prefeitura e com o suporte de outros colaboradores foi possível elaborar o planejamento de obras, melhorias e modificações das unidades de saúde Nova Califórnia, Ronaldo Aragão, Aponiã, Hernandes Índio, Abunã e Socialista, Morrinhos, Palmares, Pedacinho de Chão, Vista Alegre do Abunã, Três Marias, Fábio Júnior, Manoel A. de Matos, Benjamin Silva, São Sebastião, Hamilton Gondim, Socialista I e II, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Leste e Sul, Centro de Especialidades Médicas (CEM), Policlínicas Dra. Ana Adelaide e Rafael Vaz e Silva, Lacen e Centro Especializado em Reabilitação.

Segundo Hildon Chaves, as aldeias indígenas contempladas são Rio Candeias, Kassupa, Karitiana Central e Karipunã e a elaboração dos projetos destas foi de responsabilidade da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai/Ministério da Saúde) e o andamento das reformas está na fase de processo licitatório na Superintendência Municipal de Licitação (SML). “Estamos trabalhando com várias linhas de trabalho que vão desde a iluminação, asfalto, educação e principalmente na área de saúde”, finalizou.

compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email