Hildon Chaves ressalta importância de aplicativo que conecta população ao transporte público

compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on print

Durante uma agenda com os lojistas no centro da cidade de Porto Velho, o prefeito Hildon Chaves (PSDB), que concorre à reeleição com o número 45, afirmou que após quase duas décadas de espera o transporte público da capital está a apenas um clique de cada usuário.

“Ao contrário do que os opositores políticos falam, não demoramos três anos para resolver a questão do transporte público, demorarmos para resolver o que não era resolvido há duas décadas. A nossa população era transportada em latas velhas, em péssimas condições de segurança e sanitária e hoje os usuários contam com ônibus novos, com acessibilidade e com todas as informações necessárias na palma da sua mão”, ressaltou.

Segundo Hildon Chaves a disponibilidade de informações sobre o transporte público é essencial para o aumento da mobilidade. “Ao longo desse últimos anos, os hábitos de consumo mudaram radicalmente com a evolução dos smartphones e quase todo tipo de serviço precisa estar ao alcance dos dedos. Os usuários de Porto Velho podem acompanhar pelo celular, através do aplicativo Cittamobi, o horário de saída dos ônibus, as integrações, o tempo médio gasto por percurso, entre outras informações”, explicou.

Hildon aponta que a disponibilização dessas informações permite ao passageiro o planejamento das suas ações e garante ainda que ele não utilize seu tempo fazendo percursos desnecessários. “Hoje você pode, através do aplicativo, verificar as linhas que passam por um ponto de embarque e o tempo de espera até a chegada do próximo ônibus, a lista de paradas de cada linha, além do mapa com a rota dos coletivos e a localização em tempo real do veículo a caminho”, disse.

Em uma das lojas visitadas, o prefeito explicou a uma funcionária que além das vantagens ofertadas pelo aplicativo, os usuários do transporte público de Porto Velho contam também com o sistema de integração tarifaria. “Com esse sistema, os usuários conseguem circular pela cidade sem pagar duas passagens. Quando ele pega o ônibus da zona sul, vai até o centro da cidade e de lá pega outro para a zona leste, que é o seu destino, ele paga apenas uma passagem, pois é um sentido único de ida. Quando ele pega um ônibus na zona sul em direção ao centro da cidade e de lá pega outro ônibus para voltar a zona sul, ele paga outra passagem. Daí ele não pode fazer integração, porque são dois sentidos, ida e volta”, pontuou.

Ao todo, o transporte público de Porto Velho vai contar com uma frota de 143 ônibus equipados em sua maioria com ar-condicionado, três portas e elevador no acesso central para pessoas com restrições de mobilidade, além de tomadas USB e sinal de internet. O aplicativo Cittamobi é gratuito e está disponível nos sistemas Android e IOS.

compartilhar

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email